Português para Concursos – Crase 1 – Aula e Exercícios

Data da notícia: 20 de janeiro de 2009

Preparada por José

CRASE: Assunto certo em qualquer concurso, a crase é um tema bastante simples de ser entendido. Não limite-se a decorar regras, entenda o que você está estudando. Os exemplos são a forma mais simples de você memorizar, preste atenção a eles.

Aula preparada por: Professor Ed Borges do site PassePorAqui.com – Dicas e Aulas

Etapa 1 – O que é crase?

Crase nada mais é do que a fusão (união) de dois sons idênticos.

– Observe:
Sant’ana é a contração de Santa + Ana.
Os dois As são unidos num único som.

– Outro exemplo:
Quando falamos: Estava aberto o portão, unimos os sons dos dois Os.

– Veja isso:
Iremos a a Bahia em breve!

Os dois sons idênticos se unem formando a frase: Iremos à Bahia em breve!

Portanto: Crase é a união de dois sons idênticos

Não confunda Crase com acento grave. O acento grave apenas indica que aquela letra é fusão (união) de duas letras idênticas.

a + a = crase…

Como indicar que há uma crase? Usando o acento grave: `

Eu vou à Bahia… Quem não quer ir?

Exercite Agora!

Questões discursivas. Compare suas respostas com o gabarito. (Não consulte o material da aula na primeira vez que resolver o exercício)

1. O que é crase?
2. O que é acento grave?
3. A simples fusão de dois sons é considerada uma crase?
4. O acento grave é utilizado em apenas qual letra?

Somente após responder, compare com nosso gabarito abaixo:

.
1. Crase é a fusão de dois sons idênticos.
2. Acento grave é o sinal que indica a existência de uma crase.
3. Não. Os sons precisam ser idênticos.
4. Apenas usa-se o sinal grave na vogal a.
.

Etapa 2 – Quando é necessário unir dois sons idênticos e formar uma crase?

Na Língua Portuguesa o uso do acento grave torna a pronúncia mais leve e sem muitas pausas.

Fale em voz alta: Maria retornou a a casa de veraneio neste natal.

Você percebe um ligeiro desconforto e uma pausa entre os dois as.

Agora pronuncie: Maria retornou a casa de veraneio neste natal.

Fica bem melhor, não é?

Então. Fazemos o seguinte: Deixamos apenas um a e colocamos o acento grave para indicar que se trata de dois as unidos!

Observe: Maria retornou à casa de veraneio neste natal.

Agora fale em voz alta: A casa azul ficou pronta!

Mesmo com dois sons idênticos juntos não houve problemas quanto à pronúncia. Portanto a crase não é necessária.

Fique atento!

Esta noção irá ajudar muito diante de uma questão complicada. Vamos em frente.

Exercite Agora!

Não consulte o material da aula ao resolver o exercício:

1. Qual a função da crase quanto à sonoridade e pronúncia?
2. Como resolvemos o problema de deixar apenas uma letra que represente dois sons idênticos?

Respostas:

.
1. A crase torna a pronúncia mais leve e diminui a quantidade de pausas durante a fala.
2. Usando o acento grave.
.

Etapa 3 – Em que casos deve-se usar o acento grave para indicar uma crase?

Vamos analisar cada caso:

Crase de preposição a + artigo a/as

A primeira conclusão lógica é:  já que os artigos a e as são femininos, a crase só será utilizada antes de palavras femininas. (Há apenas uma exceção que apresentaremos mais tarde.)

A regra geral diz: Usa-se crase…

* Se o termo regente exigir a preposição a: chegar a, contrário a.
* Se o termo regido aceitar o artigo a/as: a escola, a idéia. (substantivo feminino)

Deixemos um pouco a regra de lado e pensemos o seguinte:

Observe a frase: Pedro referiu-se à escola com muito orgulho.

Escola é palavra feminina, portanto pede o artigo a, caso fosse uma palavra masculina pediria o artigo o!

Observe, agora: Pedro referiu-se ao colégio com muito orgulho.

Note que a preposição a continua e o artigo o aparece no lugar do artigo a, indicando que na frase anterior se tratavam de dois as, portanto caso de “crase”.

A dica é a seguinte:

Troque a palavra feminina por uma palavra masculina correspondente, se continuar apenas um a, você não usa crase, mas se aparecer ao, significará que são dois sons, portanto, use o sinal grave!

Veja na prática:

Cheguei a praia hoje cedo. (dúvida: é crase?)

Cheguei ao parque hoje cedo. (trocando por uma palavra masculina)

Cheguei à praia hoje cedo. (concluímos que se trata de crase)

Outros exemplos:

1. Comprei a camisa azul. (dúvida: é crase?)
– Comprei o sapato azul. (trocando por uma palavra masculina)
= Comprei a camisa azul. (conclusão: NÃO é crase)

2. Sou contrário a avareza. – Sou contrário ao gasto = Sou contrário à avareza. (conclusão: é crase)

3. Comentei a idéia a patroa. – Comentei o assunto ao patrão = Comentei a idéia à patroa. (conclusão: é crase)

4. Todos aderiram a greve. – Todos aderiram ao mutirão. = Todos aderiram à greve. (conclusão: é crase)

5. Controlei a entrada dos passageiros. – Controlei o embarque dos passageiros. = Controlei a entrada dos passageiros. (conclusão: NÃO é crase)

Exercite Agora!

Marque a alternativa que está grafada incorretamente e deveria ganhar uma crase:

1. (A) Dirigi a palavra a você.
(B) Dirigi a palavra a Vossa Majestade.
(C) Dirigi a palavra a Senhora.
(D) Dirigi a palavra a minhas tias.
(E) Dirigi a palavra a quem reclamava.

2. (A) Faço alusão a meu pai.
(B) Faço alusão a várias cidades.
(C) Faço alusão a primeira aluna da turma.
(D) Faço alusão a alguma aluna.
(E) Faço alusão a essa cidade aí.

3. (A) No verão, vamos a casa de meus tios.
(B) No verão, vamos a Minas Gerais ou a Goiás.
(C) No verão, vamos a Fortaleza e a Manaus.
(D) No verão, vamos a terra.
(E) No verão, vamos para a Bolívia e para a Venezuela.

4. (A) Saiu a andar a pé.
(B) Levam as moças a uma fuga.
(C) Ficou a discorrer a respeito dos estudos.
(D) A professora não chegou a tempo.
(E) Só as primeiras horas da noite pôde assistir a cerimônia.

5. (A) Ele doou a sua coleção a mim.
(B) Perdoamos a quem faltou.
(C) Ele escreveu uma carta a V. Sª.
(D) Leve-o aquele salão e não a este.
(E) Ela aspirava a uma carreira rendosa.

6. (A) Entreguei os convites a essa senhora.
(B) Não me refiro a tua casa, mas a de tua irmã.
(C) Estavam ali, frente a frente.
(D) Os marinheiros desceram a terra.
(E) Os filhos retornaram a casa.

Gabarito

1.c – Dirigi a palavra à Senhora
2.c – Faço alusão à primeira aluna da turma
3.a – No verão, vamos à casa de meus tios
4.e – Só as primeiras horas da noite pôde assistir à cerimônia
5.d – Leve-o àquele salão e não a este
6.b – Não me refiro a tua casa, mas à de tua irmã

Por hoje é só. Amanha concluímos com a segunda aula.

Atualizado: Aula 2 sobre Crase já está disponível. Clique aqui e leia.

Confira os cursos e aulas da equipe Passe por Aqui: PassePorAqui.com.

Caso você queira adquirir qualquer outra aula, de qualquer matéria, envie um email ao professor Borges: [email protected]

Cada aula preparada para você custa o valor de R$ 10,00 e você recebe gratuitamente dois brindes:
– Uma aula através do MSN com hora e dia marcados para tirar suas dúvidas quanto à aula escrita.
– Um Manual Completos de Estudos.

Dica de Português: Segundo a Reforma Ortográfica o acento circunflexo não deve mais ser usado nos verbos "ver, ler, dar, crer" quando indicarem plural. Antes era "eles vêem, eles crêem, eles lêem, que eles dêem. Agora "veem, creem, leem, deem". Obs.: Os verbos "ter" e "vir" continuam com acentos para indicaram plural: ele tem, eles têm, ele vem, eles vêm.

Comentários

  1. ivone disse:

    olha foi ter me enviado essa matéria estou mesmo precisando
    semp
    re faço concursos e sempre me dou mal em português
    espero que continui mandando masi
    mt obrigada
    ABRAÇOS

  2. MARIA B. KOCH disse:

    Sou estudante de letras, avaliei a aula sobre a crase, concluí que quando estudamos a norma padrão do portugues precisamos de regras claras e não ficar ligado a macetes, infelizmente ainda somos avaliados pela gramática da língua portuguesa, sendo que muitos esdutantes em todos os níveis são analfabetos funcionais. É triste que num concurso ainda cai perguntas sobre crase, o que precisamos é realmente saber interpretar um texto… Maria Bernadete.

  3. elen de oliveira disse:

    eu gostaria de saber como esta a concorrencia do agente penitenciario federal

  4. mardison disse:

    É muito dífício. Mesmo com os macetes, ainda sim, não consigo aprender 🙁

  5. elaine regina macedo parateco cristaldo disse:

    desejo obter informações sobre atividades de português!

  6. shirlei soares disse:

    estou cursando faculdade de letras, estou no ultimo ano vou fazer o concurso do estado e gostaria de mais informaçoes para adiquirir mais conhecimento.obrigada. aripuana mt.

  7. edsonvaz disse:

    oi tudo bem estou estudando para passar em algum concurso publico mais eu tenho difuculdade em portugues,matematica eu queria receber emails aulas de portugues e matematica mias tambem com exercicios para im praticar a materia

  8. silvana disse:

    gostari de receber aulas de lingua protuguesa.

  9. Thamires disse:

    muitoo lgl o site!! [:D]

  10. angelica freixo disse:

    Adorei a matéria sobre crase,pude aprender bem mais praticando os exercícios e esclarecer muitas dúvidas.
    OBRIGADA!

  11. Neide Mastelini disse:

    Gostaria de receber DVD com aulas de Portugues de 1º e 2º grau para concursos e de Matemática com exercícios explicados e resolvidos, Tém o curso inteiro de 1º e 2ºGrau?

  12. Neide Mastelini disse:

    Qual o preço por favor pois preciso estudar para concursos.
    Faça um preço razoável por favor!

  13. elisangela disse:

    oiee adorei as aula !! eu gostaria que me enviace conteudo de aula de portugues com perguntas e resposta pra concurso publico obrigadoo sou muito grata ……..

  14. Abel disse:

    Eu creio que o gabarito da questão 5 esteja errado:
    ele está marcando letra “d” e eu acredito que seja letra “e” pelo seguintes motivos:

    5. (A) Ele doou a sua coleção a mim.
    (B) Perdoamos a quem faltou.
    (C) Ele escreveu uma carta a V. Sª.
    (D) Leve-o aquele salão e não a este. salão é palavra mesculina e não se usa crase antes de palavras do gênero masculino.
    (E) Ela aspirava a uma carreira rendosa. quem aspira, aspira “a” alguma coisa que no caso “a” uma carreira a+a=à

  15. Abel disse:

    na questão 6 acredito que o gabarito esteja certo mas a crase no lugar errado: Não me refiro a tua casa, mas à de tua irmã
    quem se refere, se refere a alguém ou a alguma coisa “a” no caso “a” tua casa a+a=à, já o “a” que está craseado não deveria estar.

  16. Abel disse:

    Ou será que eu to viajando e confundindo tudo??? rsrsrsrs

  17. Valdete disse:

    Gostei muito das explicações e macetes sobre crase, gostaria de receber exercicios de gramatica, ortografia, interpretacao de texto. este site esta APROVADO.. abraços

  18. ZILMARA SANTOS disse:

    MUIIIIIIIIIIIIIIIIITO LEGAL ESSA AULA, ESTUDO PEDAGOGIA E DOU AULA DE ROTINAS ADMINISTRATIVAS PARA APRENDIZAGEM….AMEI OBRIGADA GOSTARIA DE RECEBER NOVIDADES PO EMAIL…BJU

  19. mauricio sousa disse:

    Gostei muito, muito bom, meus parabéns.

Escreva seu comentário:


ATENÇÃO: Nós não somos organizadores de concursos ou editais, apenas divulgamos notícias.