Direito Constitucional para Concursos: Dicas de estudo

Data da notícia: 24 de agosto de 2009

Preparada por

O Direito Constitucional pode ser considerado a espinha dorsal do estudo de direitos para concurso. É muito importante, portanto, uma base sólida nesta matéria para que se compreenda e integre os demais ramos do direito.

Vamos, por esse motivo, dar dicas básicas para que os candidatos entendam como se dá a cobrança desta disciplina e assim, saibam como se portar durante o Estudo.

Fonte: Vítor Cruz Galvão (Vampiro) do site vitor-cruz.blogspot.com

1º Passo – Literalidade da Constituição Federal – O Alicerce do Estudo!

Não adianta o candidato querer entender a doutrina, jurisprudência, ler informativos do STF e STJ, se ele não sabe o que se passa na norma. A leitura da Constituição é uma prática que deve ser incentivada. Costumo dizer aos meus alunos: todo dia antes de dormir, leiam o art. 5º e algum outro trecho da CF. Esqueça o seu nome, seu endereço e seu telefone, mas nunca esqueça o que está escrito literalmente na Constituição. Essa é a base para diferenciar o alto rendimento em provas de Constitucional.O literalidade dos artigos da Constituição será responsável por 60 a 70 % das questões de quase todas as provas.
Não tenho tempo, o que fazer ??

1- Focar nos artigos importantes: http://vitor-cruz.blogspot.com/2009/01/orientacao-sobre-o-estudo-da-cf.html

2- Estudar o resumo da Constituição Federal de minha autoria, combinado com a norma seca: http://vitor-cruz.blogspot.com/2009/06/gratis-e-book-resumao-da-constituicao.html

Observação Crucial: As alterações recentes de normas ou do texto constitucional são cartas certas em um concurso.

2 – LITERALIDADE DE SÚMULAS (STF e STJ)

Responsável por 10 a 20 % das questões de prova, as Súmulas são cada vez mais importantes no Estudo, principalmente as recentes, é o tipo de jurisprudência que não se pode errar.

Não tenho tempo, não sei o que é nem onde encontrar: O que fazer ?? –> Ler as súmulas relevantes: http://vitor-cruz.blogspot.com/2009/08/sumulas-relevantes-para-provas-de.html

3- Doutrina do direito Constitucional

Responsável por 10 a 20 % das questões de prova. Deve-se ater ao nível do concurso que se irá prestar, e também à banca organizadora. Para Auditor-Fiscal da Receita Federal, por exemplo, é imprescindível que se conheça posições sobre “sentidos da Constituição”, “poder Constituinte”, “Doutrina dos direitos fundamentais”;

Não tenho tempo, não sei o que é nem onde encontrar: O que fazer ?? –> Fazer muitas questões de concursos anteriores e ler o “Estudo Dirigido” do meu blog: http://vitor-cruz.blogspot.com/search/label/dirigido

4- Informativos de jurisprudência e julgados isolados

Responsável por 0 a 10 % das questões de prova. O que fazer?? É a parte mais difícil do Estudo, exige que o candidato se preocupe em estar atualizado às notícias e novos julgados do STF e STJ. Recomendo sempre observar sites como da Ed. Ferreira, meu blog, e se cadastrar no sistema “push” do STF e STJ.

Qual o melhor método de Estudo??

Cada um tem o seu método, mas ao longo dos anos, pude verificar que as pessoas que obtiveram maior percentual de acerto em menor tempo usavam o seguinte método:

Questões + Questões + Questões + …. (principalmente as comentadas) Muito estudo da lei seca e preocupação em sempre acompanhar notícias pela internet!

Então é isso. Bons estudos !!

Veja mais artigos relacionados em: ex.: portugues-concurso.blogspot.com

Dica de Português: "Anexo" é um adjetivo e não um substantivo. Frases como "o relatório está no anexo" está errada, enquanto frases como "a foto está anexa" ou "a foto está em anexo" estão certas.

Comentários

  1. mithielle disse:

    Ola! Achei bem interessante as dicas, como se preparar p concurso, gostaria de saber mais dias para poder fazer concurso público para delegado de policia. obrigada.

Escreva seu comentário:


ATENÇÃO: Nós não somos organizadores de concursos ou editais, apenas divulgamos notícias.


2