Concurso EPAGRI SC 2013 – 92 vagas

Data da notícia: 30 de outubro de 2013
Nota do Concurso: 3.5
Preparada por José

Está disponível edital de Concurso Público para Epagri (Santa Catarina) 2013.
As etapas do concurso serão conduzidas pela organizadora ‘Fepese’. Vagas oferecidos são em todos os níveis de escolaridade.Provas serão realizadas no dia 1º de dezembro de 2013.

Órgão do Concurso: Epagri – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural
Quantidade de Vagas disponibilizadas: 92
Estudos: Apostilas Relacionadas | Cursos Relacionados
Data das Inscrições: Até 11 de novembro
Salário previsto: de R$ 832,71 e R$ 5.996,83 , dependendo do cargo
Valor das Inscrições: de R$ 50 a R$ 100
Data prevista para as Provas: 1º de dezembro
Organizadora do Concurso: Fepese
Link para o Edital e Inscrições: http://epagri2013.fepese.org.br/?go=edital&mn=1151b3eab3b069d5112ccae1943307c4&edital=1
Matérias das provas: Leia mais abaixo ⇓

✔ ATENÇÃO: Não faça sua inscrição no Concurso Epagri 2013 antes de ler atentamente o edital ou manual do candidato. Leia o edital no site da organizadora ‘Fepese’ informado acima.

Matérias das Provas e Outras Informações (direto do Edital):

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO AGRICULTURA E DA PESCA
EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARINA – EPAGRI
EDITAL Nº. 01/2013
[...]

Concurso Epagri - Livros

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS I – EMENTA

EXTENSÃO RURAL E AGROPECUÁRIA

Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural. Desenvolvimento rural sustentável. Desenvolvimento local/territorial com identidade cultural (conceitos, requisitos e implicações). Pluriatividade e multifuncionalidade na Agricultura Familiar. Crédito rural: Manual de Crédito Rural do Banco Central do Brasil (Pronaf, Declaração de Aptidão ao Pronaf, Agricultura de Baixo Carbono, Proagro). Programa Nacional de Crédito Fundiário. Políticas públicas do Estado de Santa Catarina para o desenvolvimento da agricultura e da pesca: Programa SC Rural, Juro Zero, Terra Boa, Fomento. Metodologias participativas de extensão rural: dias de campo, unidades demonstrativas, excursão, diagnóstico rápido participativo, oficinas, sociometria. Tecnologias de produção limpa: Produção integrada, produção orgânica segundo a legislação brasileira, agricultura de transição agroecológica; Manejo integrado de pragas e enfermidades. Análise de impactos ambientais; legislação ambiental (código florestal brasileiro, código florestal de Santa Catarina , resoluções Consema); uso, manejo e conservação do solo e da água (plano de desenvolvimento da propriedade, uso e aptidão dos solos, recuperação da fertilidade, cultivos de cobertura/adubos verdes, adubação orgânica, compostagem, rotação de culturas, plantio direto, cultivo mínimo, práticas conservacionistas complementares). Irrigação: sistemas de captação, preservação, conservação de água e sistemas de irrigação. Tecnologia de produção agrícola em Santa Catarina (frutas, hortaliças, culturas anuais): sistemas de produção, análise econômica para implantação de projetos, planejamento e gestão. Tecnologia de produção animal em Santa Catarina: manejo do rebanho, manejo de pastagens forrageiras, melhoramento de pastagens naturais, produção de carne e leite a pasto. Apicultura em Santa Catarina: tecnologias de produção, manejo de apiários, manejo sanitário, manejo alimentar, agregação de valor e mercado. Desenvolvimento florestal em Santa Catarina: sistemas agrossilvipastoris, sistema agroflorestal, reflorestamento comercial e conservacionista, implantação/recuperação de mata ciliar. Organização dos agricultores (cooperativismo, associativismo). Administração rural: planejamento, organização, execução, controle e avaliação; sistemas de controle técnico-gerencial; elaboração e análise de viabilidade de projetos agropecuários; Mercado agrícola (problemas e potencialidades). Empreendedorismo: conceitos e características do empreendedor; agroindústrias rurais, redes organizacionais; Turismo Rural com vistas a ampliação da renda.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS II – EMENTA

AGROPECUÁRIA REGIONAL

Alto Vale do Itajaí, meio oeste, oeste e extremo oeste catarinense: Características edafoclimáticas; Características culturais e étnicas; Zoneamento agrícola. Práticas de manejo e conservação do solo voltadas as culturas anuais e pastagens. Manejo de dejetos animais (suínos, aves e bovinos), com vistas a seu uso como fertilizantes. Empreendimentos da agricultura familiar: agregação de valor, cooperativismo, alianças produtivas, turismo rural.

CÓDIGO DE VAGA: 105 a 107

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior I – Extensionista Rural / Ciências Agrárias – N.S.

Formação: Eng. Agronômica

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS I – EMENTA

EXTENSÃO RURAL E AGROPECUÁRIA Mesma ementa de Extensão Rural e Agropecuária do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS II – EMENTA

AGROPECUÁRIA REGIONAL

Características edafoclimáticas do Vale do Rio do Peixe, do planalto sul e do planalto norte catarinense. Produção de frutas de clima temperado em Santa Catarina: sistemas de produção para culturas de maçã, pera, pêssego, uva e ameixa; Produção integrada, produção orgânica, sistemas de aviso fitossanitários. Tecnologia de produção animal em Santa Catarina: manejo do rebanho, manejo de pastagens forrageiras, melhoramento de pastagens naturais, produção de carne e leite a pasto.

CÓDIGO DE VAGA: 108 a 110

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior I – Extensionista Rural / Ciências Agrárias – N.S.

Formação: Eng. Agronômica

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

EXTENSÃO RURAL E AGROPECUÁRIA Mesma ementa de Extensão Rural e Agropecuária do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS II – EMENTA

AGROPECUÁRIA REGIONAL

Conhecimentos em biologia e cultivo de moluscos, crustáceos, peixes e macroalgas marinhas: reprodução, predadores, competidores, sistemas de cultivo, manejo do cultivo, análise econômica para implantação de um projeto; Planejamento e gestão de empreendimentos em aquicultura e pesca. Tecnologias de produção para arroz irrigado em Santa Catarina; produção integrada e orgânica; tecnologia de baixo impacto ambiental. Sistema de produção integrada para a bananicultura em Santa Catarina; Sistemas de monitoramento de pragas (sigatoka e broca).

CÓDIGO DA VAGA: 111

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior I – Analista Administrativo e Financeiro

Formação: Ciências Contábeis

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

CONTABILIDADE

Princípios básicos de contabilidade: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados; Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido; Demonstração de Fluxo de Caixa. Plano de Contas Simplificado; Balancete: movimentação das contas; apuração de saldos; contas patrimoniais e de resultado; Escrituração; Operações com Mercadorias: Estoques e Apuração de Custos; Análise e interpretação das demonstrações contábeis. Noções sobre princípios orçamentários e contábeis: Plano Plurianual; Lei de Diretrizes Orçamentárias; Lei Orçamentária Anual; Lei de Responsabilidade Fiscal; Lei 4.320/64 – Contabilidade Pública. Noções básicas sobre direito tributário: Sistema Tributário Nacional; Competência Tributária da União, dos Estados e dos Municípios. Tributo: conceito; espécies; impostos; taxas; contribuição de melhoria; contribuições sociais ou para fiscais; PIS/PASEP e COFINS: Regime não Cumulativo; Apuração do Imposto de Renda e da Contribuição Social: Lucro Real; Imposto sobre Serviços – ISS: Lei Complementar Federal nº 116/03; Obrigações Tributárias (DCTF, DACON, DIRF, PERDCOMP, LALUR, SPED Fiscal PIS/COFINS, SPED CONTÁBIL, FCONT, DIPJ). Noções sobre licitações: Legislação Atual; Modalidade/Tipos de Licitação; Pregão/Compras; Dispensa de Licitação; Edital; Comissões; Formalização de Contratos, Lei 8.666 de 21 de junho de 1993. Gestão Patrimonial: Bens Móveis; Imóveis; Semoventes; Alienação de Bens Móveis. Atos de Pessoal: Legislação Trabalhista; Elaboração Folha de Pagamento e recolhimento de Encargos Sociais; Incorporação; integração; movimentação; desligamento de pessoal; Controle e registro de benefícios aos empregados; Formas de contratação; Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias (GEFIP, DIRF, RAIS). Auditoria: Conceitos, tipos de auditoria; objetivos; técnicas e procedimentos de auditoria; parecer; normas profissionais.

CÓDIGO DE VAGA: 201

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior II – Advogado.

Formação: Direito

Pós-Graduação em nível de Especialização em Direito do Trabalho, do Processo do Trabalho, Administrativo, Tributário ou Ambiental

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

DIREITO

A prova abordará conhecimentos Gerais de Direito Constitucional, e conhecimentos mais específicos de Direito do Trabalho (Da Duração do Trabalho; Da Segurança e Medicina do Trabalho; Do Contrato Individual do Trabalho), de Direito Processual do Trabalho (Do processo Judiciário do Trabalho), de Direito Administrativo (Contratos Administrativos; Licitações; Atos Administrativos), de Direito Tributário (Princípios; Obrigação Tributária: Crédito Tributário), de Direito Ambiental (Princípios; Responsabilidade Ambiental; Áreas de Preservação Ambiental)

CÓDIGO DE VAGA: 202

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior II – Analista de Recursos Humanos

Formação: Administração de Empresas

Pós-Graduação em nível de Especialização em Recursos Humanos

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

CONHECIMENTO ESPECÍFICO – EMENTA

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

Teoria das organizações: Grupos, organizações e instituições; A organização burocrática: conceito e origem; Burocracia: poder, dominação, autoridade e produção; Paradigmas na teoria das organizações. Análise organizacional: Organizações como sistemas; Valores e cultura organizacional; Centralização e descentralização; Clima organizacional. Comportamento humano em organizações: Ética individual e ética organizacional; Comportamento humano no trabalho; Comportamento grupal; Comunicação entre indivíduos; Comportamento participativo: motivação; liderança. Administração de recursos humanos: Políticas de recursos humanos; Organização da administração de recursos humanos; Administração participativa: formas de participação. Desenvolvimento de recursos humanos: Plano de Cargos e Salários; sistema de carreira; política salarial; classificação de cargos; Recrutamento e seleção; Capacitação versus treinamento; Aprendizagem; Avaliação de desempenho. Saúde e segurança no trabalho; Qualidade de vida no trabalho

CÓDIGO DE VAGA: 301

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior III – Meteorologista

Formação: Meteorologia

Pós-Graduação em nível de Mestrado com área de concentração em Previsão do Tempo

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS

A prova de Inglês avaliará essencialmente a capacidade de compreensão de textos, o que implica necessariamente, o domínio de um vocabulário de nível básico e o conhecimento de aspectos gramaticais da referida língua. As questões da prova serão baseadas em textos autênticos e didáticos, extraídos de livros ou revistas, devidamente adaptados, se necessário. Do candidato serão exigidos diferentes níveis de compreensão: global, de pontos principais e detalhada. Já a gramática solicitada exercerá o papel de acessório para sua compreensão dos textos. Sob esse enfoque, a prova de inglês exigirá do candidato capacidade de identificar diferentes tipos de texto; reconhecer temas centrais e secundários e palavras-chave; utilizar estratégias de leitura para identificar informações específicas e o significado geral do texto; estabelecer relações entre idéias contidas no texto; inferir a significação de uma palavra ou expressão a partir do contexto; reconhecer a significação de elementos linguísticos responsáveis pela coesão textual; considerar os recursos visuais existentes para auxiliar na compreensão dos textos; reconhecer palavras e expressões equivalentes entre a língua inglesa e a Língua Portuguesa; associar informações objetivando a complementação dos textos; Aplicar à compreensão dos textos, o conhecimento dos aspectos gramaticais da língua inglesa. Observação: As perguntas e alternativas das questões poderão ser formuladas em Inglês.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO – EMENTA

METEOROLOGIA

Conhecimentos básicos e conceitos fundamentais em Meteorologia: Meteorologia Sinótica: Massas de Ar – Classificação e Origem; Cristas e Anticiclones; Cavados e Ciclones; Mapas de Superfície, seus traçados e principais códigos; Cartas de ar superior, como radio sondagens; Correntes de Jato; Análise dos Campos Meteorológicos; Análise de Linhas de Corrente; Análise e Configuração de Campos Numéricos para Previsão de Tempo; Sistemas Frontais na Carta em Superfície; Análise e interpretação de imagens de satélites e radares meteorológicos. Meteorologia Dinâmica: Sistemas Meteorológicos que Atuam no Sul do Brasil e na América do Sul; Ondas de Gravidade; Ondas de Rossby; Equação de Vorticidade; Equação do Movimento Vertical (Ômega); Força de Coriolis; Vento Geostrófico; Vento Gradiente; Camada Limite; Turbulência de Ar Claro; Cisalhamento Vertical do Vento; Tropopausa; Convergência e Divergência; Movimento Convectivo e Advectivo; Geopotencial e Espessura do Geopotencial; Vórtices Ciclônicos; Cavados e Cristas; Anticiclones. Termodinâmica: Diagrama Termodinâmico; Estabilidade Atmosférica; Gradiente Vertical de Temperatura; Turbulência Atmosférica; Inversão de Temperatura; Inversão de Turbulência; Inversão de Subsidência; Inversões Frontais; Índices de Estabilidade (K), Totals, Showalter (ISS), Sanson; Nível de Congelamento; Temperatura Convectiva; Pressão de Vapor do Ar Úmido e Pressão de Vapor Saturante do Ar Úmido; Calor Latente; Processo Isobárico; Processo Adiabático; Umidade Relativa, Umidade Específica e Razão de Mistura. Fenômenos Regionais e Locais: Brisa Marítima; Brisa Terrestre; Brisa de Montanha; Convecção, Linhas de Cúmulus-Nimbus (Linha de Instabilidade); Células de Cúmulus-Nimbus; Tempestades Tropicais; Turbulência Mecânica; Tornados; Geada; Neve. Fenômenos Meteorológicos: Alta da Bolívia; Frentes Frias e Frontogêneses; Frentes Oclusas; Ciclones e Vórtices; Ondas Curtas; Zona de Convergência Intertropical – ZCIT; Zona de Convergência da América do Sul – ZCAS. Clima: Classificação Climática – Climas da região sul do Brasil, Fenômenos El Niño/La Niña e suas Influências no sul do Brasil, Índice de Oscilação Sul, Balanço Hídrico, Previsão Climática, Variabilidade Climática e Oscilação de Madden Julian, Mudanças Climáticas. Conhecimento Específico: capacidade para elaborar um boletim de previsão do tempo (temperatura, precipitação, vento e fenômenos meteorológicos) para 24 e 48 horas, para uma dada localidade da região sul do Brasil, a partir da análise de um condição sinótica e informações complementares de monitoramento e modelos de previsão do tempo.

CÓDIGO DE VAGA: 302

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior III – Analista em Tecnologia da Informação e Comunicação.

Formação: Ciência da Computação, Sistemas de Informação ou Eng. da Computação

Pós-Graduação em nível de Mestrado com área de concentração em Gerenciamento de Rede de Computadores

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

GERENCIAMENTO DE REDE DE COMPUTADORES

INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – Conhecimentos avançados de UNIX, Linux, Windows Server 2008, Windows XP, Windows Vista, Windows 7 e Windows 8; Características de backups e restauração de dados; Noções de Active Directory, LDAP, Samba4 e contas de usuários; Servidores de aplicação: Apache, Tomcat, JBoss, Oracle Weblogic e Microsoft IIS; Noções de Instalação, configuração, administração, operação e manutenção; Conceitos, características, aplicação e configuração de equipamentos de interconexão de redes (roteadores, switches camada 2, switches camada3, bridges, hubs e modems); Conceitos, tipos, componentes e protocolos de redes de computadores, redes locais – LAN (Ethernet), redes de longa distância – WAN (Frame Relay; MPLS; ATM) e redes Wireless; Conceitos do modelo de referência OSI (Open System InterconnectionReferenceModel). Padrões IEEE 802.1, IEEE 802.3; Arquitetura TCP/IP – conceitos, protocolos e aplicação; Instalação e configuração de redes LAN baseadas em Switches Multilayer; Noções sobre instalação, configuração, administração e operação de DHCP, DNS, FTP, SSH e Samba; Noções básicas de Qualidade de Serviço – QoS.; Conceitos, configuração e administração de protocolos de roteamento (RIP, RIPv2, OSPFe BGP); Conceitos de protocolo de monitoramento (SNMP e RMON); Conceitos e fundamentos de VoIP (Voice over Internet Protocol) e protocolo SIP (SessionInitiationProtocol); Telefonia IP baseada em Software Livre (Asterisk); Noções de redes SAN (StorageArea Network), Switches e DirectorsFiberChannel; Sistemas de armazenamento em disco (Storages); Implementações DAS (DirectAttachedStorage), NAS (Network AttachedStorage) e CAS (ContentAddressableStorage); Níveis de RAID (RedundantArrayofIndependent Disks); Noções sobre instalação, configuração, administração e operação dos servidores de correio eletrônico Postfix e Zimbra. Noções de instalação, configuração e administração de ambientes de virtualização de servidores e desktops com VMwarevSphere 5. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO – Sistemas de segurança: conceitos, características e aplicação; Noções de Filtro de Conteúdo Web, Proxy cache, Firewall, NAT (Network AddressTranslation),VPN (Virtual Private Networks), IPS (IntrusionPrevention System), IPSec (Internet Protocol Security) e SSL (Secure Sockets Layer); Ataques e software maliciosos, antivírus e antispam; Certificação digital: conceitos de criptografia de dados, algoritmos criptográficos, criptografia simétrica e assimétrica, função hash, certificados digitais, assinatura digital, Infraestrutura de Chaves Públicas e ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira); Gestão de Segurança da Informação: classificação e controle de ativos de informação, segurança de ambientes físicos e lógicos, controles de acesso. Normas NBR ISO/IEC 27001 e 27002. Definição, implantação e gestão de políticas de segurança e auditoria. Gestão de riscos; Normas NBR ISO/IEC 15999 e 27005. Planejamento, identificação e análise de riscos. Plano de continuidade de negócio.

CÓDIGO DE VAGA: 303

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior III – Analista em Tecnologia da Informação e Comunicação

Formação: Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Eng. da Computação ou Eng. da Produção

Pós-Graduação em nível de Mestrado com área de concentração em Gerenciamento de Banco de Dados

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS

Conceitos fundamentais sobre processamento, armazenamento e recuperação de dados. Formas de representação e armazenamento da informação. Características físicas dos principais periféricos e dispositivos de armazenamento de dados. Organização de arquivos: tipos de organização e métodos de acesso. Modelagem de dados: Modelo Entidade-relacionamento, Normalização, Modelo Dimensional (fatos, dimensões, granularidade, snowflake). Banco de Dados: relacional, objeto-relacional, orientado a objeto. Arquitetura de sistemas: arquiteturas multicamadas, arquitetura cliente-servidor, arquitetura de banco de dados distribuído, arquitetura de objetos distribuídos, arquitetura de aplicações Web. Modelos Orientados a Objeto. Objetos. Identidade de objetos. Classe. Variáveis de instância. Métodos. Mensagens. Encapsulamento. Herança. Extensão do Modelo Relacional para suportar Orientação a Objetos. UML. Linguagens de definição e manipulação de dados. SQL. Projeto de Banco de Dados; Mapeamento do modelo conceitual-lógico para o projeto físico; Conceitos de Administração de Dados e Repositórios de Dados. Data Warehouse: definição e características, abordagens de implementação, Extração, limpeza e carga de dados, OLAP (OnLineAnalythicalProcessing). Banco de dados espaciais. Modelo de dados espaciais. Armazenamento de dados espaciais. Manipulação de dados espaciais. Operações e funções espaciais. Indexação espacial. Sistemas de Gerenciamento de Bancos de Dados (SGBD): Arquitetura, Segurança, Integridade, Concorrência, Recuperação após Falhae continuidade de operação, Gerenciamento de Transações, Estruturas de armazenamento, Estruturas de índices, Ajuste de performance (tunning), Processamento e otimização de consultas, Técnicas de backup e recuperação, Segurança e autorização. Monitoração e otimização de desempenho, Monitoramento de banco dados. Administração de Banco de Dados Oracle 11g: instalação, configuração, monitoramento, otimização, segurança e autenticação, backup e recuperação, integridade, automatização de tarefas administrativas, distribuição e replicação, desenvolvimento de scripts SQL (consultas, procedimentos armazenados, gatilhos); PL/SQL. Banco de Dados MySQL. Segurança: segurança de computadores; segurança de redes de computadores; principais vulnerabilidades dos sistemas computacionais (hardware e software); políticas de segurança; sistemas de criptografia, assinatura digital e autenticação; protocolos de criptografia e suas aplicações. Redes de computadores: características da gerência de redes (planejamento, configuração, avaliação e suporte de redes). Sistemas operacionais: sistemas operacionais de redes, Sistemas operacionais das famílias Windows e Linux.

CÓDIGO DE VAGA: 401 a 403

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Melhoramento Vegetal/Fruticultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL

Estatística Geral: Natureza da Estatística; Séries estatísticas; Noções de amostragem; Distribuição de frequência; Apresentação gráfica e tabular; Medidas de dispersão; Medidas de tendência central; Intervalo de confiança; Noções de probabilidade. Estatística Experimental: Princípios básicos de experimentação; Delineamentos experimentais; Experimentos simples; Esquemas fatoriais e parcelas dividida; Testes de comparação entre médias; Eficiência relativa dos delineamentos experimentais; Planejamento, execução e análise experimental; Análise de variância; Correlação e regressão. Estatística não-paramétrica. Amostragem. Noções básicas de analise multivariadas (Análise Discriminante, Componentes Principais, Análise fatorial multidimensional, Análise de Agrupamentos).

MELHORAMENTO VEGETAL

Genética molecular: mitose; meiose; mendelismo; interações alélicas; ligação e permuta genética. Sistemas Reprodutivos nas plantas cultivadas e meios para o controle da polinização (morfologia floral, incompatibilidade, macho esterilidade); determinação do modo de reprodução, fluxo gênico e Taxa de Cruzamento. Estrutura genética das populações de autógamas e alógamas e suas implicações no melhoramento; frequências alélicas e genotípicas. Endogamia, depressão endogâmica, heterose e heterobeltiose em autógamas e alógamas. Interação Genótipo versus Ambiente e sua importância no melhoramento e no desenvolvimento de novas cultivares e/ou clones para o estado de Santa Catarina. Herança de caracteres quantitativos e qualitativos importantes para as espécies agrícolas anuais e perenes de importância para o Estado de Santa Catarina. Herdabilidade e Estimativa de Ganho genético. A Hibridação como geradora de recombinantes úteis ao melhoramento genético de autógamas, alógamas, e perenes. Sistemas de formação de híbridos comerciais no melhoramento de plantas. Métodos de Melhoramento em Autógamas e Alógamas e as implicações genéticas, em ambas, decorres da sua aplicação no desenvolvimento das famílias e populações: Seleção Massal; Método Genealógico; Método da População; SSD; Retro cruzamentos; Seleção Recorrente, Teste em Gerações Precoces; Teste de Progênie em Alógamas e Autógamas (perenes e anuais). Clonagem e Testes Clonais: Clonagem e seu uso no melhoramento de plantas; Testes clonais em espécies que permitem a reprodução assexuada. Marcadores moleculares; SAM (Seleção Assistida por Marcadores): mapas genéticos e sua aplicabilidade na SAM e no melhoramento de plantas; “bulked segregant analysis” (BSA) e seu uso no melhoramento genético; análise prática de características ligadas à marcadores codominantes e marcadores dominantes; ligação gênica entre Marcadores moleculares e genes de interesse e/ou QTLs (quantitative trait loci). Variabilidade no melhoramento: a Mutagênese química, física (radiação) e variação somaclonal (variantes somaclonais obtidos por cultivo in vitro, no melhoramento de espécies vegetais anuais e perenes.). A importância, as técnicas da transgenia e seus produtos aplicada ao melhoramento genético de plantas anuais e perenes, visando a competitividade econômica e a sustentabilidade da agricultura catarinense. Recursos Genéticos: Bancos de Germoplasma; Coleções de trabalho; Preservação versus Conservação. Caracteres de importância econômica para autógamas anuais, frutíferas temperadas, tropicais e subtropicais, e forrageiras importantes para a economia agrícola de Santa Catarina. Resistência vertical e horizontal (em âmbito de fitopatologia e entomologia); imunidade, resistência, tolerância, antixenose, antibiose, resistência induzida, escape; teoria gene a gene; genes de avirulência e genes de resistência. Tolerância a fatores abióticos limitantes em espécies anuais e perenes de interesse para o Estado de Santa Catarina. Registro e proteção de cultivares. Teoria sintética da evolução.

CÓDIGO DE VAGA: 404

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Melhoramento Vegetal/Olericultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403 .

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MELHORAMENTO VEGETAL Mesma ementa de Melhoramento Vegetal do Código de Vaga 401 a 403

CÓDIGO DE VAGA: 405

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Melhoramento Vegetal/Plantas de Lavoura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403 .

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MELHORAMENTO VEGETAL Mesma ementa de Melhoramento Vegetal do Código de Vaga 401 a 403

CÓDIGO DE VAGA: 406

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Melhoramento Vegetal/Pastagens

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403 .

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MELHORAMENTO VEGETAL Mesma ementa de Melhoramento Vegetal do Código de Vaga 401 a 403

CÓDIGO DE VAGA: 407 a 411

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fitotecnia/Fruticultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS- EMENTA

FITOTECNIA/FRUTICULTURA

Conhecimento geral em fruticultura temperada: Situação, importância e principais problemas da fruticultura temperada no Brasil; Classificação e características das plantas frutíferas; Fatores edafoclimáticos. Propagação vegetal e produção de mudas: Técnicas de Propagação sexual e assexual; Planejamento e instalação de viveiros e pomares; Variedades e porta-enxertos. Fisiologia e nutrição vegetal: Dormência e requerimento em frio; Florescimento e frutificação; Desenvolvimento da fruta; Avaliação do estado nutricional das plantas; Diagnose do estado nutricional de plantas. Nutrição foliar. Nutrição e qualidade de produtos agrícolas. Relações entre nutrição mineral, doenças e pragas. Fatores do meio ambiente determinantes da produção vegetal; Bases da produtividade do pomar. Manejo do pomar: Porta-enxerto e cultivares copa; Instalação do pomar; Sistemas de plantio; Poda e condução; Raleio; Uso de bioreguladores; Principais pragas, doenças e seus controles; Fertilidade do solo; Irrigação. Conhecimentos de fitotecnia em: Videira, Macieira, Frutas de caroço (pêssego, nectarina, e ameixa); Caqui, Banana e Citrus.

CÓDIGO DE VAGA: 412

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fitotecnia/Olericultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

FITOTECNIA/OLERICULTURA

Fisiologia vegetal (absorção e translocação de água e nutrientes, fotossíntese e respiração, desenvolvimento vegetativo e reprodutivo de plantas e fisiologia pós-colheita); Solos e nutrição de plantas (classificação de solos, fertilidade e microbiologia de solos, disponibilidade de nutrientes no solo, interface solo-planta, adaptação das plantas às condições adversas do solo); Diagnose do estado nutricional de plantas. Nutrição foliar. Nutrição e qualidade de produtos agrícolas. Relações entre nutrição mineral, doenças e pragas. Fatores do meio ambiente determinantes da produção vegetal. Técnicas e métodos de irrigação em mudas e em campo (gotejamento, micro aspersão e aspersão); Noções de controle de doenças, pragas e plantas daninhas; Manejo integrado de pragas; Hospedeiros alternativos de pragas e doenças de espécies de hortaliças; Sistemas de produção de mudas: floating, canteiros móveis, mudas de sementes, mudas de estacas e manejo em cultivo protegido; Sistemas de plantio: direto, cultivo mínimo, rotação de cultura, plantio com e sem cobertura do solo, amontoa; Manejo do cultivo: espaçamento, arranjo espacial, orientação cardeal versus produtividade e sanidade, técnicas de adubação, tratos culturais (desbrota, desfolha, desponta, podas); Processos de melhoria do nível de matéria orgânica e vida do solo: Compostagem, Adubação verde, Estercos; Sistemas orgânicos de produção (geral); Cultivo protegido: sistemas de cultivo protegido, vantagem, desvantagem, manejo; características do cultivo em ambiente protegido, Polinização versus produção e técnicas de polinização (meios e métodos); Potencial de mercado consumidor: visão de tendências de mercados; Importância da classificação e embalagem; Mercado e ponto de colheita; Técnicas de agregação de valor em hortaliças; Conservação pós- colheita; Importância social e econômica da olericultura de Santa Catarina.

CÓDIGO DE VAGA: 413

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fitotecnia/Pastagens

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS- EMENTA

FITOTECNIA/PASTAGENS

Introdução e avaliação de plantas forrageiras. Planejamento e condução de protocolos experimentais. Forragens: disponibilidade, composição de espécies, qualidade dos alimentos em pastejo e em canteiros. Ciclos biogeoquímicos associados ao ambiente das pastagens plantadas e das pastagens naturais como um ecossistema. Fisionomia e características dos encraves de campos e campos de altitude do Bioma Mata Atlântica. Aspectos eco fisiológicos do crescimento e desenvolvimento de plantas forrageiras: morfogênese, utilização da radiação solar, nutrição mineral, disponibilidade hídrica, acumulação e utilização de reservas de C e Nº. Manejo da desfolha e suas implicações na produção de fito massa, na produção animal e nas características do solo. Reciclagem de nutrientes e adubação de pastagens. Fluxo de carbono em sistemas pastoris naturais e artificiais, fotossíntese e assimilação do carbono; evolução do índice de área foliar e interceptação da radiação solar. Análise do crescimento: taxa de acúmulo de forragem, índice de crescimento relativo, taxa de acúmulo líquido, fluxo de tecidos sob pastejo. Sistemas de pastejo e suas consequências sobre o ecossistema. As principais espécies cultivadas utilizadas no sul do Brasil. Forragem conservada: sua importância e uso. Avaliação agronômica de espécies forrageiras. Sistemas pastoris integrados de produção animal, integração lavoura-pecuária-floresta, pecuária de precisão, agropecuária de baixo carbono.

CÓDIGO DE VAGA: 414 a 416

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fitopatologia

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

FITOPATOLOGIA

Fitopatologia: História mundial e no Brasil (descoberta agente patogênico; importância e natureza das doenças; a evolução da fitopatologia). O agente causal: morfologia, crescimento e multiplicação. Principais grupos de patógenos: Fitomicologia – ocorrência, importância e classificação dos principais taxons de fungos (Mycomycetes, Plasmodiophoromycetes, Oomycetes, Chytridiomycetes, Zygomycetes, Ascomycotina, Basidiomycotina (Holobasidiomycetes; Teliomycetes) e Fungos Mitospóricos. Fitonematologia – Taxonomia, morfologia, Principais gêneros (Meloidogyne, Pratylenchus, Radopholus, Tylenchulus, Rotylenchulus, Heterodera, Ditylenchus) sintomatologia e controle dos principais gêneros; Fito bacteriologia – estrutura e função da célula bacteriana, taxonomia e nomenclatura; critérios e métodos de diferenciação de gêneros, espécies e raças usando métodos tradicionais e moleculares); sintomatologia e controle das principais fito bactérias. Fito virologia – taxonomia de vírus de plantas, sintomatologia, diagnóstico e controle de fito viroses. Organização dos genomas de vírus de plantas, replicação, funções e mecanismos de regulação do genoma viral, mecanismos moleculares das interações vírus-vetor e vírus-planta e as estratégias moleculares de controle de fito viroses; Transmissão dos vírus. Protozoários, Mycoplasmas e Espiro plasmas – biologia, sintomatologia, patogenicidade e transmissão. Métodos fitopatológicos: Cultivo, manutenção e identificação de fito patógenos; Identificação e avaliação de danos e estudos de patogenicidade; Aplicação de métodos microscópicos, sorológicos e moleculares para identificação e diagnose de doenças de plantas – Postulados de Koch, Isolamento, Patogenicidade, Manutenção, Técnicas de inoculação. Epidemiologia: Conceitos (epidemia, endemia, ecossistemas, agroecossitemas, patos sistemas); Manejo integrado das doenças (hospedeiro/ patógeno/ ambiente e doença), curva de progresso da doença, simulação e previsão de doenças, métodos de dispersão, de sobrevivência, distribuição a curta e longa distância; avaliação de doenças, danos e perdas. Métodos de controle e manejo: Princípios gerais de controle (abordagem dos princípios de Whetzel); Método físico – termo terapia, solarização, refrigeração, radiação, atmosfera controlada ou modificada; Método químico – fungicidas, principais grupos químicos, novas moléculas, modo de ação, resistência a fungicidas, produtos naturais; Método cultural; legislativo; biológico; genético(fontes e classificação da resistência; métodos convencionais e moleculares de melhoramento de plantas visando resistência a doenças, mecanismos de resistência). Sinais, sintomas, diagnose e agente causal das principais doenças no Brasil e no mundo. Ciclo das relações patógeno-hospedeiro das principais doenças no Brasil e no mundo. Fisiologia do parasitismo: Reconhecimento molecular – atração, germinação de propágulos e penetração das plantas por fito patógenos; fenômeno de reconhecimento na interação planta-patógeno; mecanismos de resistência das plantas; indução de resistência em plantas; alterações induzidas por patógenos no hospedeiro suscetível. Fito toxinas e hormônios; mecanismos de resistência estrutural: papilas; mecanismos de resistência bioquímicos: compostos pré-formados, fito alexinas; indução de resistência; alterações na suscetibilidade: permeabilidade de membranas, fotossíntese e respiração. Biotecnologia aplicado à fitopatologia – cultura de tecidos, biologia molecular e engenharia genética. Genética dos fito patógenos: mecanismos de variabilidade genética; genética da resistência e patogenicidade.

CÓDIGO DE VAGA: 417 a 419

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Entomologia

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

ENTOMOLOGIA

Sistemática e classificação dos insetos. Conservação, coleta e montagem dos insetos. Morfologia externa de insetos. Fisiologia de insetos. Reprodução, desenvolvimento e ciclo de vida dos insetos. Biologia de insetos (criação em laboratório, dietas artificiais, tabela de vida). Noções de biologia molecular aplicada à entomologia. Ecologia (alimentação, temperatura, luz, umidade, vento) e ecossistemas (população, comunidade). Manejo integrado de pragas (amostragem; níveis populacionais; métodos de controle de pragas: legislativos, mecânicos, culturais, resistência, ogm, comportamento, físico, químico). Controle de pragas na agricultura orgânica. Controle biológico (predadores; entomopatógenos: vírus, fungos e bactérias; parasitos: Trichogramma e outros). Receituário agronômico. Toxicologia dos inseticidas. Pragas de grãos (milho, feijão e arroz irrigado); pragas de fruteiras (banana, citros, pessegueiro, videira e macieira); pragas de hortaliças (brássicas, cucurbitáceas, tomateiro, cebola e alho); pragas de essências florestais (eucalipto e erva-mate).

CÓDIGO DE VAGA: 420

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fisiologia Vegetal/Fruticultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

FISIOLOGIA VEGETAL/FRUTICULTURA

FISIOLOGIA VEGETAL

Fisiologia de plantas em fruteiras de clima temperado – videira, macieira, pereira, frutas de caroço (pêssego, nectarina e ameixa), kiwi, caqui, pequenos. Fisiologia do sistema radicular de fruteiras. Fotossíntese, Respiração, Nutrição mineral, Relações hídricas, Transporte de solutos orgânicos, Desenvolvimento vegetativo e reprodutivo, Foto periodismo, Foto morfogênese, Dormência e germinação, Senescência e abscisão, fito hormônios e reguladores de crescimento vegetal, nastismos e tropismos, fisiologia do estresse. Fatores do meio ambiente determinantes da produção vegetal, poda e condução. Práticas culturais em fruticultura. Tecnologia de colheita e pós-colheita de frutas. Anatomia vegetal. Biologia celular. Métodos analíticos em fisiologia vegetal.

CÓDIGO DE VAGA: 421

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Manejo e Conservação do Solo e da água

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA

Gênese, morfologia e classificação do solo; Levantamento de solos; Física do solo; Textura e estrutura do solo; Erosão e conservação do solo; Manejo do solo e da água; Implementos para preparo do solo; Métodos alternativos de uso e preparo do solo; Sistema de plantio direto; Sistemas de integração lavoura-pecuária, lavoura-floresta e pecuária-floresta; Recuperação de solos degradados e desequilibrados; Efeitos da matéria orgânica no solo; Manejo de restos culturais; Adubação verde, rotação e sucessão de culturas.

CÓDIGO DE VAGA: 422

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS

Amostragem de solo; Interpretação de análise de solo e recomendação de adubação; Acidez do solo; Calagem do solo; Calagem do solo em sistema de plantio direto; Corretivos da acidez; Amostragem foliar; Diagnose foliar; Adubação foliar; Macro e micronutrientes; CTC; Adubação e manejo de resíduos orgânicos; Compostagem; Dinâmica e função da matéria orgânica no solo; Ciclagem de nutrientes; Fontes minerais e orgânicas para suprimento de nutrientes; Fixação biológica de nitrogênio; Resíduos orgânicos no solo e os impactos ambientais.

CÓDIGO DE VAGA: 423

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Medicina Veterinária, Zootecnia ou Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Produção Animal

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

PRODUÇÃO ANIMAL

Planejamento e condução de avaliações de experimentos em pastejo. Processos de produção de bovinos e ovinos baseados na utilização das ferramentas de alimentação a base de pastagens, manejo e reprodução. Raças e seus cruzamentos. Aspectos relacionados com instalações para produção, a economia, o bem estar animal e a qualidade do produto. Custo de produção, análise de rentabilidade, risco e dimensionamento de rebanhos. Simulação de sistemas de produção para a tomada de decisão. Experimentos agronômicos e resposta animal, apresentando conhecimentos relacionados a sistema de manejo de rebanhos de ruminantes, produção e nutrição de ruminantes, relação clima-solo-planta-animal associados aos ciclos biogeoquímicos, fisiologia de sistemas de produção animal. Manejo sanitário: princípios e medidas higiênico-sanitária de rebanho com ênfase em controle parasitológicos. Lotação fixa e lotação variável. Comportamento animal em pastejo, ecologia do pastejo. Produção integrada agricultura/floresta/pecuária. Características dos Campos Sulinos e suas estacionalidades de produção de ruminantes. Características da produção de ruminantes em Santa Catarina.

CÓDIGO DE VAGA: 424

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Medicina Veterinária, Zootecnia ou Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Nutrição Animal

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

NUTRIÇÃO ANIMAL

Planejamento e condução de experimentos com animais. Técnicas e métodos de avaliação de alimentos e exigências nutricionais com animais ruminantes, tendo como base princípios de nutrição animal, alimentos volumosos e concentrados, pastagens e suplementação alimentar a pasto. Metodologias de avaliação do valor nutritivo de alimentos energéticos, proteicos e volumosos, com ênfase aos estudos de determinação de níveis críticos de minerais, proteína, energia. Conhecimento sobre as exigências nutricionais dos ruminantes com ênfase em bovinos e ovinos, e suas categorias. Formulação de ração/suplemento alimentar e cálculo de misturas minerais para ruminantes. Nutrição mineral de diferentes categorias. Planejamento alimentar baseado em pastagens. Comportamento animal em pastejo. Aspectos qualitativos e quantitativos das pastagens, uso estratégico de pastagens e seu manejo. Suplementação estratégica, épocas carenciais e suas implicações na nutrição/produção de ruminantes em Santa Catarina. Conservação de plantas forrageiras – aspectos qualitativos: Ensilagem; pré-secados; fenação. Processos envolvidos na ingestão, digestão e absorção dos nutrientes dos alimentos pelos ruminantes, integrando conhecimentos bioquímicos e fisiológicos. Conhecimento da composição e da qualidade das pastagens e dos alimentos disponíveis em Santa Catarina. Caraterísticas dos Campos Sulinos e suas estacionalidades de produção de ruminantes Manejo Reprodutivo: princípios básicos da interação nutrição x reprodução.

CÓDIGO DE VAGA: 425 e 426

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Ciências Biológicas, Oceanografia, Eng. de Pesca, Eng. de Aquicultura, Med. Veterinária, Zootecnia ou Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Aquicultura/Piscicultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

PISCICULTURA

Situação da aquicultura no Brasil e no mundo. Evolução da produção de peixes no Estado de Santa Catarina, por região e espécies cultivadas. Sistemas de cultivo em piscicultura continental e marinha, com ênfase aos peixes cultivados em SC. Qualidade de água em piscicultura. Princípios de limnologia. Produtividade primária em ambientes aquáticos. Propagação natural e artificial de peixes. Nutrição de peixes. Melhoramento genético. Tecnologia do pescado. Bo ecologia de peixes marinhos e de água doce com potencial de cultivo em SC. Patologia de peixes. Projetos de engenharia de tanques de piscicultura. Planejamento e gestão de empreendimentos em aquicultura. Legislação ambiental voltada à aquicultura.

CÓDIGO DE VAGA: 427

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Ciências Biológicas, Oceanografia, Eng. de Pesca, Eng. de Aquicultura, Med. Veterinária ou Zootecnia

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Aquicultura/Maricultura

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MARICULTURA

Situação da aquicultura no Brasil e no mundo. Histórico e evolução da produção de moluscos em Santa Catarina e no Brasil. Sistemas de produção de moluscos marinhos (ostras, mexilhões, vieiras e polvos): métodos de cultivo; técnicas de manejo; boas práticas de produção; métodos de obtenção de formas jovens. Cultivos multitróficos. Reprodução, anatomia e fisiologia de moluscos. Princípios de ecologia marinha: ecossistemas costeiros; o ambiente marinho; capacidade de suporte; parâmetros ambientais; pRedação; competição; epibiose e suas interações com os cultivos. Enfermidades de moluscos marinhos. Biotoxinas; contaminantes; depuração e enfermidades transmitidas por moluscos. Mecanização, processamento e comercialização de moluscos. Legislação ambiental e higiênico-sanitária relativa à atividade de maricultura. Ordenamento, legalização e gestão de empreendimentos aquícolas.

CÓDIGO DE VAGA: 428

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Agrometeorologia ou Meteorologia Agrícola

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

AGROMETEOROLOGIA

Agrometeorologia: Ambiente e suas relações com os sistemas produtivos: bioconversão da energia solar; Aspectos quali-quantitativos da radiação solar em ambientes naturais e protegidos, regime radiativo acima e abaixo da vegetação, métodos de medida e estimativa da radiação solar; Temperatura e umidade do ar em ambientes naturais e protegidos, métodos de medida e estimativa; Evaporação e evapotranspiração em ambientes naturais e protegidos: conceitos, medidas e estimativas; Precipitação: processos de formação, interceptação da chuva pela vegetação e chuva efetiva, modelos de estimativa e medida; Balanço hídrico climatológico como método de análise ambiental; Análise física do ambiente e sustentabilidade dos agro ecossistemas; Alterações do ambiente e produtividade; Cultivo protegido: influência de diferentes tipos de cobertura artificial nas condições ambientais. Elementos e fatores do clima: a) Balanço hídrico para fins climáticos. b) Classificações climáticas; climas do mundo e do Brasil. Adversidades climáticas as plantas cultivadas: 1) Temperatura. a) Efeitos de baixas temperaturas; geadas; mecanismos físicos e biológicos da sua formação, métodos preventivos e de combate; b) Efeitos de altas temperaturas. 2) Vento como fenômeno adverso à agricultura. Métodos ativos e passivos de proteção. 3) Granizo: formação, danos causados em espécies vegetais e métodos de proteção. 4) Secas: o ciclo da água na natureza. O balanço hídrico na biosfera. Caracterização efeitos da deficiência hídrica (seca) sobre os cultivos. Climatologia aplicada ao planejamento agrícola: 1) Uso de índices bi meteorológicos na previsão de duração de fases fenológicas. a) modelagem do rendimento agroclimático das culturas, referente a produtividade potencial e real. 2) Delimitação da aptidão climática de áreas para cultivo (Zoneamento agroclimático). 3) Estimativas de épocas de plantio para melhor aproveitamento dos recursos físicos do ambiente. 4) Planejamento de dias de trabalho no campo. 5) Prescrição de irrigação via climatológica. Água no solo: Retenção de água pelo solo. Armazenagem da água no solo. Potenciais da água no solo. Medidas dos potenciais. Movimento da solução no solo: movimento sob condição de saturação e de não saturação; equação de Darcy e equação de Darcy-Buckingham; equação da continuidade. Infiltração da água no solo; equações de fluxo para infiltração; taxa de infiltração. Balanço hídrico em culturas agrícolas. Escala dos fenômenos atmosféricos, e conceitos fundamentais: a) Balanço de radiação e de energia de uma superfície natural; b) Aspectos termodinâmicos e psicrometria; c) Conceitos e definições de evapotranspiração; d) Medidas e estimativas de evapotranspiração com métodos físicos e empíricos. Importância eco fisiológica da água e das trocas gasosas/ energéticas entre a planta e a atmosfera: a) Fundamentos de organização e estrutura das plantas superiores. b) Características físico-químicas da atmosfera terrestre. c) Propriedades físico-químicas da água e de soluções aquosas. Bases termodinâmicas do potencial químico de uma substância, potencial químico da água, unidades de potencial químico da água, propriedades físico-químicas de soluções aquosas: pressão de vapor, ponto de ebulição e de congelamento, pressão osmótica ou potencial osmótico de uma solução. d) Dinâmica da água na planta: aspectos gerais do transporte de água na planta; e) Balanço hídrico da planta: fatores que afetam a absorção e a perda de água pela planta; balanço de água da planta e indicadores vegetais do déficit hídrico.

CÓDIGO DE VAGA: 429

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Meteorologia ou Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Modelagem Numérica da Atmosfera.

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MODELAGEM NUMÉRICA DA ATMOSFÉRA

Meteorologia Dinâmica: Sistemas Meteorológicos que Atuam no Sul do Brasil e na América do Sul; Ondas de Gravidade; Ondas de Rossby; Equação de Vorticidade; Equação do Movimento Vertical (Omega); Força de Coriolis; Vento Geostrófico; Vento Gradiente; Camada Limite; Turbulência de Ar Claro; Cisalhamento Vertical do Vento; Tropopausa; Convergência e Divergência; Movimento Convectivo e Advectivo; Geopotencial e Espessura do Geopotencial; Vórtices Ciclônicos; Cavados e Cristas; Anticiclones. Termodinâmica: Diagrama Termodinâmico; Estabilidade Atmosférica; Gradiente Vertical de Temperatura; Turbulência Atmosférica; Inversão de Temperatura; Inversão de Turbulência; Inversão de Subsidência; Inversões Frontais; Índices de Estabilidade (K), Totals, Showalter (ISS), Sanson; Nível de Congelamento; Temperatura Convectiva; Pressão de Vapor do Ar Úmido e Pressão de Vapor Saturante do Ar Úmido; Calor Latente; Processo Isobárico; Processo Adiabático; Umidade Relativa, Umidade Específica e Razão de Mistura. Conceitos de modelagem numérica: Funcionamento de um sistema de modelagem numérica nas fases de pré-processamento, processamento e pós-processamento. Previsão e simulação: conceitos, importância, diferenças. Evolução dos modelos atmosféricos, estado atual e perspectivas futuras. O sistema observacional e a inicialização de modelos: observações meteorológicas, satélite, radar e preparação de informações para inicializar os modelos. Equações fundamentais da Meteorologia Dinâmica: as equações do movimento, continuidade de massa, energia termodinâmica e a equação de estado. Tipos de modelos: Modelos de ponto de grade e espectrais: conceito de grade, tipos de grades, diferenças finitas, instabilidade computacional e noções de harmônicos de Fourier. Coordenadas verticais: coordenadas bar trópica, isentrópica, sigma, eta e mista. Resolução horizontal e vertical: resolução horizontal e a escala dos fenômenos atmosféricos, resolução vertical de modelos. Condições de contorno lateral, topo e superfície: tipos, importância e as características da camada limite superficial. Modelos atmosféricos: conhecimento das características dos principais modelos atmosféricos de larga escala (GFS, ECMWF, CPTEC) e de meso escala (ETA, WRF, COSMO, MBAR, BRAMS). Parametrizações de processos físicos: A substância água na modelagem; parametrização da radiação de ondas curta e longa; parametrização da convecção; parametrização da turbulência e da microfísica de nuvens. Métodos numéricos: diferenças finitas, erros de truncamento, aproximação e estabilidade, equações diferenciais, método do polígono de Euler de Runge-Kutta. Equações diferenciais parciais: classificação de equações de segunda ordem. Análise matricial. Modelos quase geostrófico e balanceado. Solução de equações elípticas; métodos de relaxação, métodos lagrangeanos, métodos espectrais. Modelagem de processos de micro, meso e larga escala: interação de escalas e parametrização de camada limite, processos radiativos e convectivos. Modelos numéricos de previsão de tempo. Modelos de circulação geral. Métodos de previsão dinâmico-estatístico. Computação paralela: Definições gerais: concorrência, computação paralela e distribuída. Tipos de arquitetura paralela. Tipos de plataforma de execução paralela. Conceitos de fluxo de instruções, fluxo de dados, fator de aceleração, Lei de Amdhal, eficiência, sincronização, overhead, granulosidade, escalabilidade e balanceamento de carga. Padrões de comunicação, conectividade e heterogeneidade. Principais modelos de computação paralela. Conversão de programas seriais em paralelos (dependências gerais e em loop).

CÓDIGO DE VAGA: 430

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Pesquisador

Formação: Meteorologia ou Eng. Agronômica

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Sensoriamento Remoto Ambiental

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

SENSORIAMENTO REMOTO AMBIENTAL

Sensoriamento Remoto: Radiação eletromagnética; Espectro eletromagnético; Comportamento espectral dos alvos: vegetação, água, solos, rochas e áreas construídas; Resoluções espacial, espectral, temporal e radio métrica; Sistemas de sensores passivos na faixa do visível, do termal e de micro-ondas; Sensores multi- espectrais; Sistemas ativos na faixa de micro-ondas (radares). Aplicações do sensoriamento remoto para a meteorologia, oceanografia, agricultura e meio ambiente. Processamento Digital de Imagens: Correção radio métrica e geométrica; Registro de imagens; Realçamento de imagens: histogramas de imagens, brilho e contraste, tipos de realce de contraste; Imagens monocromáticas, pseudocor, falsa cor e cor verdadeira. Composições RGB e IHS e transformações RBG/IHS; Operações aritméticas com imagens; Filtragem de imagens: frequência espacial, convolução, filtros tipo passa-baixa, filtros tipo passa-alta, filtros direcionais; Análise de principais componentes: variância e covariância, correlação de imagens, auto vetores e autovalores, interpretação das imagens das principais componentes; Classificação de imagens: métodos supervisionados, métodos não-supervisionados, operações de pós-classificação. Geoprocessamento: Conceitos básicos; Formato de dados matricial e vetorial; Modelo Digital do Terreno (MDT); Banco de Dados Geográficos: estrutura, topologia, modelos de dados e consultas; Relacionamentos Topológicos; Entrada de dados: digitalização, vetorização automática, conversão de formatos; Coleta de dados: GPS, DGPS, projeções e coordenadas; Análise espacial de distâncias e de densidades; Métodos de interpolação: vizinho mais próximo, inverso da distância, krigagem e co-krigagem; Modelos booleanos; Álgebra de mapas: operações pontuais, operações de vizinhança, operações zonais; Métodos estatísticos: inferencial, geo-estatística e análise multicritério. Cartografia: Conceito de Escala; Sistemas de Projeção e Sistemas de Coordenadas; Classificação de Cartas e Mapas; Carta Internacional do Mundo ao Milionésimo (CIM); Mapeamento Sistemático Nacional; Sistema Universal Transverso de Mercator (UTM); Transformação entre Sistemas de Projeção; Mapeamento Temático; Representação: Física; Representação de temas humanos e econômicos; Cartografia e Multimídia.

CÓDIGO DE VAGA: 431

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Estatístico

Formação: Eng. Agronômica, Matemática ou Estatística

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Estatística Experimental

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL

AMOSTRAGEM: Noções básicas de amostragem. Definições e notações básicas; Amostragem aleatória simples com ou sem reposição; Amostragem estratificada; Estimadores do tipo razão; Estimadores do tipo regressão; Amostragem sistemática; Amostragem aleatória por conglomerados; Amostragem em dois estágios. ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL: Revisão de Estatística Geral – Variação ao acaso. Planejamento de Experimentos. Delineamentos Completamente Casualizados. Teste F. Métodos de Comparações Múltiplas. Análise de Regressão Polinomial. Pressuposições do Modelo Matemático – Transformação de Dados. Delineamentos em Blocos Casualizados. Delineamentos em Quadrados Latinos. Experimentos Fatoriais Completos. Fatoriais das séries 2n x 3n. Confundimento. Experimentos em Parcelas Subdivididas. Experimentos em Faixas. Classificações cruzadas desbalanceadas. Blocos Incompletos. Reticulados Quadrados. Grupos de Experimentos. Grupos de experimentos com tratamentos comuns (Blocos aumentados). Introdução aos modelos mistos. Análise de Covariância. Análise da Variância da Regressão Polinomial. CURVAS E SUPERFÍCIES DE RESPOSTA: Introdução à metodologia de superfícies de resposta. Álgebra de matrizes, mínimos quadrados, análise de variância e princípios básicos do planejamento de experimentos. Modelos de primeira ordem e delineamentos. Modelos de segunda ordem e delineamentos. Determinando condições ótimas. Análise de experimentos com várias respostas. MODELOS LINEARES GENERALIZADOS: Família exponencial e o modelo linear generalizado. Estimação: métodos de máxima verossimilhança e de quadrados mínimos. Métodos de inferência e propriedades em grandes amostras. Técnicas de verificação do modelo: função desvio, análise do desvio e análise de resíduos. Modelos de regressão, de análise de variância e de covariância como modelos lineares generalizados. Dados binários e os modelos logístico, probit e complemento log-log. Tabelas de contingência e os modelos log-lineares. Modelos com coeficiente de variação constante. Superdispersão. Modelos lineares generalizados mistos. MODELOS MISTOS E COMPONENTES DE VARIÂNCIA: Definição de modelos mistos. Obtenção das esperanças dos quadrados médios para os delineamentos inteiramente ao acaso, casualizados em blocos e quadrados latinos e para os modelos de experimentos em parcelas subdivididas e em classificação hierárquica e para grupos de experimentos. Uso do diagrama de Hasse. Métodos de estimação (momentos, máxima verossimilhança e máxima verossimilhança restrita) para os componentes de variância. Testes de hipóteses e intervalos de confiança para componentes de variância. Aplicações em amostragem e melhoramento genético. REGRESSÃO E COVARIÂNCIA: Regressão linear simples: modelo estatístico, estimação pelo método dos mínimos quadrados, propriedades dos estimadores, testes de hipóteses e intervalo de confiança para os parâmetros, intervalo de previsão. Generalização pelo método matricial. Regressão linear múltipla: modelo estatístico, estimação pelo método dos mínimos quadrados, propriedades dos estimadores, testes de hipóteses e intervalo de confiança para os parâmetros, seleção de variáveis. Polinômios ortogonais. Análise de resíduos e diagnósticos. Estimação dos parâmetros na distribuição normal bivariada pelo método da máxima verossimilhança. Coeficientes de correlação, simples, parcial e múltipla: estimação, testes de hipóteses e intervalos de confiança. Testes de paralelismo de retas. Regressão exponencial. Regressão logística. Regressão de Mitscherlich. Análise de covariância. Introdução aos modelos lineares generalizados. ANÁLISE MULTIVARIADA: Distribuição Multinormal: definição, propriedades, estimação por ponto dos parâmetros. Distribuição de Wishart: definição e propriedades fundamentais. Casos de inferência sobre o vetor de médias de uma, duas e várias distribuições multinormais. Teste de Hotelling. Modelos Lineares Multidimensionais. Estimação por ponto e por região de confiança. Testes de hipóteses multidimensionais. Princípio da união e intersecção e uso da desigualdade de Bonferroni para o controle do nível de significância conjunto. Análise Discriminante: casos de duas ou mais distribuições multinormais. Conglomeramento de dados multidimensionais. Componentes Principais e testes de estrutura de matriz de variâncias e covariâncias. Correlações canônicas. Análise fatorial multidimensional. Análise de Agrupamentos. ANÁLISE ESTATÍSTICA EM AMBIENTE R: Instalação do R. Componentes da interface do programa R. Acesso à documentação do programa R. Criação e modificação de objetos no R. Criação e uso de funções no programa R. Instalação e uso de pacotes no programa R. Importação e exportação de dados em formato texto e planilha.

CÓDIGO DE VAGA: 432

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Analista de Economia

Formação: Eng. Agronômica ou Ciências Econômicas

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Economia Agrícola ou Economia Rural

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

ECONOMIA AGRÍCOLA

Relações entre agricultura e desenvolvimento econômico. Economia como ciência social. Fundamentos de economia. Teoria de preços. Teoria da firma. Economia da produção. Análise de risco. Pesquisa operacional. Análise de mercado. Custo de produção. Mercado, comercialização e abastecimento agrícola. Estratégias de comercialização agrícola. Preços agrícolas. Mercados imperfeitos. O agronegócio brasileiro. Análise de censos agropecuários, pesquisas mercadológicas e outros instrumentos estatísticos.

CÓDIGO DE VAGA: 433

Cargo/Função: Ag. Téc. de Formação Superior IV – Analista de Pesquisa de Mercado

Formação: Eng. Agronômica, Administração ou Ciências Econômicas

Pós-Graduação em nível de Doutorado com área de concentração em Agronegócio

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTAS

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 101 a 104

INGLÊS Mesma ementa de Inglês do Código de Vaga 301

ESTATÍSTICA Mesma ementa de Estatística do Código de Vaga 401 a 403

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

AGRONEGÓCIO

Visão e conceito de agronegócio; o agronegócio no Brasil e no mundo. Análise setorial do agronegócio (insumos agrícolas, produção agropecuária, processamento e produção de manufaturados); as grandes empresas e cooperativas do agronegócio brasileiro; agricultura familiar. Construção do conhecimento em agronegócio; formação de redes de produção e comercialização; estratégia de gestão cooperativa; globalização e desenvolvimento local, competividade, arranjos e sistemas produtivos locais; desenvolvimento econômico e coesão territorial; parcerias e desenvolvimento regional e territorial. Visão interdisciplinar e sistêmica das cadeias agroindustriais e clusters; desenvolvimento agrícola sustentável. Organizações e estratégias em agronegócios; gestão e planejamento de empresa rural; projeto de produtos agroindustriais; empreendedorismo. Dinâmica de concorrência em mercados agroindustriais; logística agroindustrial; rastreabilidade; barreiras a entradas. Administração financeira e orçamentária em agronegócios; gestão estratégica de custos; métodos tradicionais de custeio; análise das atividades da cadeia de valor e dos custos das atividades em agronegócios. Marketing e relações mercadológicas em agronegócio; comportamento do consumidor de alimentos; comercialização de produtos agroindustriais; gestão estratégica do comércio varejista de alimentos.

CÓDIGO DE VAGA: 501 a 508

Cargo/Função: Ag. Operacional Técnico III – Assistente de Pesquisa.

Escolaridade: Técnico em Agropecuária – Nível de 2º Grau

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Interpretação de texto; Sinônimos e antônimos; Singular, plural, masculino e feminino; Ortografia oficial; Acentuação Gráfica; Separação de sílabas; Pontuação; Substantivo, adjetivo e pronome; Verbos: regulares, irregulares e auxiliares; Emprego de pronomes, preposições e conjunções; Concordância verbal e nominal; Crase; Regência.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

TÉCNICAS AGROPECUÁRIAS

Principais sistemas produtivos agropecuários de Santa Catarina. Características das principais regiões produtoras de Santa Catarina. Noções básicas de agricultura sustentável (Agroecologia, Produção Orgânica e Produção Integrada). Noções de gestão ambiental e recursos naturais (recuperação da água, mata ciliar; preservação da flora e fauna). Tratos culturais em lavouras, pomares e hortas; Plantio, colheita e armazenamento da produção agrícola (grãos, olerícolas, fruteiras, raízes e tubérculos, espécies florestais). Práticas de manejo e conservação do solo (Amostragem de solo, calagem, fertilização, adubação verde, rotação de culturas, plantio direto, cultivo mínimo, práticas mecânicas). Água e irrigação (importância e uso racional da água na agricultura, sistemas de irrigação; Instalação, manutenção e operação de sistemas de irrigação). Conhecimento sobre manutenção básica e de regulagem de máquinas e equipamentos agrícolas. Manejo e reprodução de animais na pecuária; Aspectos básicos sobre sanidade animal. Noções de administração rural (coordenação de equipes de trabalho e execução de planos de trabalho). Conhecimento básico sobre experimentação agropecuária (repetições; amostragem; exatidão na coleta de dados; instalação, condução e colheita de experimentos). Noções básicas de topografia. Cálculo de área e de volume para preparo e aplicação de agroquímicos, instalação de experimentos e outros usos.

CÓDIGO DE VAGA: 509 a 516

Cargo/Função: Ag. Oper.Técnico III – Técnico de Laboratório

Escolaridade: Técnico em Laboratório ou Técnico em Química- Nível de 2º Grau

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Português do Código de Vaga 501 a 508

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

TÉCNICAS DE LABORATÓRIO

Pesagem de material vegetal (massa fresca e seca) e de reagentes; Preparo de soluções (normalidade, molaridade) e diluições; Conhecimento de cálculo de concentrações; Conhecimento de vidrarias de laboratório e suas funções; Métodos de esterilização de materiais; Leitura e correção de pH em soluções; Qualidade de água para análises laboratoriais (destilada, deionizada e ultra pura); Trabalho em Câmara de Fluxo Laminar; Métodos de assepsia e desinfestação de materiais e tecidos vegetais; Preparo de meio de cultura; Limpeza de vidraria de laboratório; Conhecimento e manuseio de lupa e microscópico em análises; Preparo de lâminas para microscópio, Preparo de câmara úmida; Regras de segurança e normas de trabalhos em laboratório; Boas práticas de laboratório; Gerenciamento de resíduos de laboratório; Procedimentos em caso de acidentes; Introdução à química analítica; Instrumentos empregados no laboratório: peagametro, balança analítica, destilador, deionizador, espectrofotômetro, centrífuga, lupa e microscópio óptico.

CÓDIGO DE VAGA: 517 a 519

Cargo/Função: Ag. Oper.Técnico III – Técnico em Meteorologia

Escolaridade: Técnico em Meteorologia – Nível de 2º grau

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Português do Código de Vaga 501 a 508

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

METEOROLOGIA

Estações meteorológicas convencionais: funcionamento, observação e técnicas de medição. Estações meteorológicas automáticas: funcionamento e principais sensores, instalação, montagem em laboratório e especificação, calibração e manutenção, obtenção, controle, armazenamento e transmissão de dados. Instrumentos meteorológicos: principio de construção, funcionamento, instalação, manutenção, especificação e calibração de equipamentos. Dados meteorológicos: Registro, codificação e plotagem (mensagens synop, metar e temp), noções de banco de dados, padrões de armazenamento e formatação de dados. Variáveis e fenômenos meteorológicos: conceitos básicos, observação e registro. Noções básicas de climatologia. Fatores e elementos climáticos e clima de Santa Catarina.

CÓDIGO DE VAGA: 520 a 526

Cargo/Função: Ag. Operacional técnico III – Extensionista Rural / Economia Doméstica – N.M.

Formação: Técnico em agropecuária, Técnico em Saneamento ou Técnico em Economia Doméstica – Nível de 2º grau

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Língua Portuguesa do Código de Vaga 501 a 508

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

EXTENSÃO RURAL – ED

Metodologia de extensão rural; Metodologias participativas; Relações humanas (sensibilização e motivação, relacionamento interpessoal, relacionamento familiar e comunitário, valores, cidadania, liderança); Cultura (conceituação e diversidade cultural de Santa Catarina); Noções de desenvolvimento sustentável; Noções sobre desenvolvimento local/territorial (organização social e comunitária, formação de grupos, estruturas sociais de cooperação, associativismo, cooperativismo); Noções de empreendedorismo (conceitos e características do empreendedor; apropriação de valor aos produtos e serviços – agrícolas e não agrícolas); Noções de gestão ambiental (recuperação e proteção da água, mata ciliar; preservação da flora e fauna, legislação ambiental); Noções de gestão e educação ambiental; Noções de nutrição e educação alimentar. Noções de produção de alimentos para autoconsumo (hortas, pomares, criação de pequenos animais).

CÓDIGO DE VAGA: 601

Cargo/Função: Ag. Operacional Administrativo III – Assistente Administrativo Escolaridade: Ensino Médio

CONHECIMENTOS GERAIS – EMENTA

LÍNGUA PORTUGUESA Mesma ementa de Português do Código de Vaga 501 a 508

MATEMÁTICA Números inteiros: operações e propriedades; Números racionais: representação fracionária e decimal: operações e propriedades; Razão e proporção; Porcentagem; Regra de três simples; Equação de 1ºe de 2ºgrau; Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade; Relação entre grandezas: tabelas e gráficos; Raciocínio Lógico; Resolução de Situações-Problema. Geometria, Trigonometria.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

MICROINFORMÁTICA – OPERAÇÃO

Sistema operacional Windows XP; Operação do Microsoft Word 2010, Microsoft Excel 2010, Microsoft PowerPoint 2010; Conceitos, serviços e tecnologias relacionadas à Internet e ao correio eletrônico.

CÓDIGO DE VAGA: 701 a 716

Cargo/Função: Ag. Operacional de Serviços II – Operário Rural

Escolaridade: 1ª Grau ou Ensino Fundamental

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

PROVA ESCRITA

Conhecimentos básicos sobre agricultura e conhecimentos sobre práticas agrícolas.

ÓDIGO DE VAGA: 717 e 718

Cargo/Função: Ag. Operacional de Serviços II – Tratorista Escolaridade: 1ª Grau ou Ensino Fundamental

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – EMENTA

PROVA ESCRITA

Conhecimentos práticos sobre manutenção básica e operação de trator e implementos agrícolas.

ANEXO III – ENDEREÇOS DAS GERÊNCIAS REGIONAIS DA EPAGRI

Epagri – Gerência Regional de Araranguá BR 101, Km 412 – Bairro Cidade Alta – Caixa Postal, 285 – CEP: 88900-000 – Araranguá, SC Telefax: (0xx48) 3522-0894 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Blumenau Rua Braz Wanka, 238 – Bairro Vila Nova – Blumenau, SC Fone: (0xx47) 3338-4710 – E-mail: sc.gov.br [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Caçador Rua Alcides Tombini, 33 – Caixa Postal, 591 – CEP: 89500-000 – Caçador, SC PABX: (0xx49) 3563-0741 – E-mail: [email protected]

Epagri – Estação Experimental de Caçador Rua Abílio Franco, 1500 – Bairro Bom Sucesso Caixa Postal, 591 CEP: 89500-000 PABX: (049) 3561-2002 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de Campos Novos BR 282, Km 342 – Trevo – Caixa Postal, 116 – CEP: 89620-000 – Campos Novos, SC Telefax: (0xx49) 3541-0748 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de Canoinhas BR 280, Km 219,5 – Bairro Campo da Água Verde – Caixa Postal, 216 – CEP: 89460-000 – Canoinhas, SC Fone: (0xx47) 3627-4199 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar – CEPAF de Chapecó Servidão Ferdinando Tusset s/n.º – Bairro São Cristóvão – Caixa Postal, 791 – CEP: 89801-970 – Chapecó, SC Fone: (0xx49) 2049-7510 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Concórdia Rua Romano Ancelmo Fontana, 339 – Caixa Postal, 44 – CEP: 89700-000 – Concórdia, SC Telefax: (0xx49) 3442-2984 e 3442-3699 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Criciúma Rua General Lauro Sodré, 200 – CEP: 88802-330 – Criciúma, SC Telefax: (0xx48) 3433-9944 – E-mail: [email protected]

Epagri – Estação Experimental de Urussanga Rodovia SC 446 – KM 19 Bairro da Estação – Caixa Postal, 49 – CEP 88840-000 Fone: (0xx48) 3465-1933 – 3465-1766 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Curitibanos Rua Orocimbo Caetano da Silva, 218 – Bairro Centro – Caixa Postal 202 – CEP: 89520- 000 – Curitibanos, SC Fone: (0xx49) 3412-3071 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Florianópolis Rodovia Admar Gonzaga, 1188 – Bairro Itacorubi – Caixa Postal, 502 – CEP: 88034-901 – Florianópolis, SC Fone: (0xx48) 3665-5105 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de Itajaí Rodovia Antônio Heil, Km 6 -Caixa Postal, 277 – CEP: 88301-970 – Itajaí, SC Fone: (0xx47) 3341-5244 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Joaçaba Rua Getúlio Vargas, 172 – Caixa Postal, 176 – CEP: 89600-000 – Joaçaba, SC Fone: (0xx49) 3521-3615 e 3522-0805 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Joinville Rodovia SC 301 – Bairro Dona Francisca CEP: 89239-400 – Joinville, SC Telefax: (0xx47) 3461-1525 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de Lages Rua João José Godinho, s/n.º – Bairro Morro do Posto – Caixa Postal, 181 – CEP: 88502- 970 – Lages, SC Telefax: (0xx49) 3289-6400 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Mafra Rua Felipe Schmidt, 423 – Bairro Centro – Caixa Postal, 18 – CEP: 89300-000 – Mafra, SC Fone: (0xx47) 3647-0359 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Palmitos Rua Padre Anchieta, 527 – 2º Piso Bairro Centro – CEP: 89887-000 – Palmitos, SC Fone: (0xx49) 3462-4081 E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Rio do Sul Rua Jaraguá, 145 – Bairro Canoas – Caixa Postal, 241 – CEP: 89164-126 – Rio do Sul, SC Fone: (0xx47) 3526-3070 – E-mail: [email protected]

Epagri – Estação Experimental de Ituporanga Estrada Geral Lageado Águas Negras – Caixa Postal, 121 – CEP: 88400-000 Fone: (0xx47) 3535-1409 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de São Joaquim Rua João Araújo Lima, 102 – Bairro Jardim Caiçara – Caixa Postal, 81 – CEP: 88600-000 – São Joaquim, SC Telefax: (0xx49) 3233-0324 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional de São Lourenço do Oeste Rua Jarbas Mendes, 270 – Bairro Brasília – CEP: 89990-000 – São Lourenço do Oeste, SC Telefax: (0xx49) 3372-1043 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de São Miguel do Oeste Rua Santos Dumont, 134 – salas 402 e 403 – Caixa Postal, 281 – CEP: 89900-000 – São Miguel do Oeste, SC Telefax: (0xx49) 3631-3230 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Tubarão Rua São José, 45 – Caixa Postal 301 – CEP: 88701-260 – Tubarão – SC Telefax: (0xx48) 3626-0577 – E-mail: [email protected]

Epagri – Gerência Regional e Estação Experimental de Videira Rua João Zardo, 1660 – Bairro Campo Experimental – Caixa Postal 21 – CEP: 89560-000 – Videira, SC Telefax: (0xx49) 3533-5600 – E-mail: [email protected] ; [email protected]

Epagri – Gerência Regional de Xanxerê Avenida Brasil, 1071 – Caixa Postal, 121 – CEP: 89820-000 – Xanxerê, SC Telefax: (0xx49) 3382-2085 – E-mail: [email protected]

E você? O que achou deste concurso, datas, matérias e organizadora? Comente abaixo e dê sua nota!

Motivação: "Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado." ( Roberto Shinyashiki )

Pesquise Apostilas

Comentários

Escreva seu comentário:


ATENÇÃO: Nós não somos organizadores de concursos ou editais, apenas divulgamos notícias.


Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

x